Inserir dados da Minha Obra

Simulação energética

Já se perguntou se você deveria realizar uma simulação do seu projeto? Sabe que existem vários tipos de simulações, informações que podem ser obtidas, e motivos pelos quais faria uma simulação? Quando é que vale mais a pena contratar uma simulação? É muito difícil?

A necessidade de contratar um estudo de simulação depende do seu projeto. A simulação energética pode ser interessante para:

  • Ajudar a identificar as tecnologias com maior potencial de economia de energia para seu projeto;
  • Definir os materiais construtivos com melhor desempenho, como o tipo de vidro ideal, revestimentos, coberturas, etc;
  • Escolher o melhor sistema de iluminação e ar condicionado para seu edifício;
  • Obter argumentos de custo-benefício para defender seu projeto arquitetônico (orientação, abertura, volumetria, etc);
  • Assegurar que o conforto térmico do usuário será atendido, prevendo, por exemplo, qual a temperatura interna nos ambientes durante um ano típico;
  • Testar a eficácia de novas soluções e estratégias passivas de conforto, como a ventilação natural;
  • Verificar o atendimento dos níveis de iluminação natural e artificial nos ambientes.

Além disso, se você pretende etiquetar a construção com o PBE Edifica do Procel, ou certificá-la com o LEED, o AQUA ou outros, pode ser que precise realizar uma simulação para comprovar que a previsão de consumo será menor que a de um edifício padrão.

A modelagem necessita informações concisas e precisas sobre o edifício, incluindo a geometria da construção, as características dos elementos construtivos, e os perfis de uso de equipamentos e de ocupação. Por isso é geralmente realizada por uma consultoria especializada, porque a relevância do resultado depende totalmente da precisão da informação inserida.

É importante destacar que a simulação não irá prever o consumo real do edifício, uma vez que nunca poderá replicar a sua operação real. No entanto, ela deve ser usada como ferramenta de apoio a decisões, por meio da comparação de diferentes cenários ou hipóteses.