Inserir dados da Minha Obra

Iluminação

A luz natural é a principal fonte de luz a qual temos acesso. Além de ser provida por uma fonte inesgotável, esse recurso é capaz de promover condições ambientais de qualidade, quando bem manejado. Associado à iluminação artificial, pode ser um dos aliados na busca por edificações mais eficientes energeticamente. Por outro lado, as condições de desempenho do próprio sistema de iluminação são também cruciais para a construção de edifícios eficientes.

Bons projetos de iluminação artificial aliam condições adequadas de visibilidade e reprodução de cores com compatibilidade de custos iniciais e de manutenção.

Uma vez que os gastos energéticos com iluminação correspondem a uma significativa fatia em diferentes tipologias de edificações, a eficiência energética do sistema, sobretudo das lâmpadas utilizadas, se configura como um importante fator na concepção de edifícios mais econômicos.

Segundo o CBCS (com dados da ELETROBRAS, 2007), a participação da iluminação no consumo final de energia nas edificações residenciais gira em torno de 14%, enquanto em edifícios comerciais e públicos, esse valor chega a pouco mais de 20%. Ou seja, sistemas mais eficientes podem significar considerável economia em relação às contas de energia elétrica.

icone casa

14%

EM TIPOLOGIAS RESIDENCIAIS

icone edificio

20%

EM EDIFÍCIOS COMERCIAIS E PÚBLICOS

Participação da iluminação no consumo final de energia

Fonte: CBCS (com dados da ELETROBRAS, 2007)